Buscar
  • Happen

Saúde mental nas organizações

O Brasil é um dos campeões mundiais de casos de depressão, entre 3% e 11% da população sobre com essa doença. Ou seja, na média, a cada 10 pessoas que você conhece, pelo menos uma tem depressão.


Trazendo esse dado para o contexto corporativo, cada vez mais a divisão que existia entre vida profissional x vida pessoal vai se apagando e nós vamos entendendo que, na verdade, somos pessoas holísticas. Pensando assim, fica ainda mais evidente o papel das organizações em prezar pela saúde mental de cada um dos seus colaboradores. Mais do que uma “boa prática”, essa é uma atitude essencial.


É claro que quando falamos de saúde mental, é essencial contar com a ajuda de um profissional (assim como você iria em um ortopedista se sentir uma dor no joelho, por exemplo). Mas, mesmo sem o profissional, alguns sinais que podem servir de alerta vermelho são: falta de sono ou sono em excesso, irritação constante (e sem motivo aparente) e reflexos no corpo: dor de cabeça constante, dor nos ombros, ranger de dentes inconsciente etc!


A Agência Europeia para a Segurança e Saúde no Trabalho recentemente desenvolveu uma pesquisa com foco em entender quais as condições de trabalho que podem conduzir a riscos psicossociais e afetar a saúde mental. Os principais pontos foram:

  • volumes de trabalho ou limitações temporais excessivas;

  • exigências contraditórias;

  • falta de clareza quanto ao papel do trabalhador;

  • comunicação deficiente;

  • uma mudança organizacional mal gerida.

A Ocupacional Safety and Health Association (OSHA) Europeia também fez uma pesquisa parecida e descobriu que as causas mais comuns de estresse relacionadas ao trabalho são:

  • a reorganização do trabalho ou a insegurança laboral (72% dos inquiridos);

  • os extensos horários de trabalho ou o volume de trabalho excessivo (66%);

  • a intimidação (o famoso bullying) ou o assédio no trabalho (59%).

Agora que já entendemos como a saúde mental nas organizações é um assunto sério, aí vão algumas sugestões de como trabalhar essa pauta com o seu time:


1. Criar campanhas sobre saúde mental:


Antes de executar práticas mais firmes, é preciso que seu time entenda qual a importância de cuidar da saúde mental. Um primeiro passo pode ser realizar campanhas internas com o objetivo de fomentar a conscientização coletiva a respeito dos transtornos psicológicos e da importância de práticas que auxiliem na boa saúde mental. Aqui é bom pensar que palestras sempre são positivas, mas criar grupos de debates pode ser ainda mais rico porque gera um sentimento de compartilhamento e identificação entre todos.


2. Incentivar a prática de exercício físico (ou até aquela clássica laboral!):


Praticar exercícios físicos (desde o alongamento até os exercícios de impacto) é essencial para a produção de Ocitocina, Dopamina e Endorfina: hormônios diretamente relacionados com o nosso bem estar. Você pode começar marcando diariamente um momento de alongamento com o time todo (sim, pode acontecer pelo zoom!). Uma sugestão mais arrojada é fazer parcerias de desconto com academias e espaços de movimento físico.


3. Capacitar lideranças:


Esse ponto é importantíssimo: uma organização é reflexo da suas lideranças. Por isso, ter líderes alinhados com o objetivo da empresa em promover a saúde mental dos colaboradores é essencial.

Nesse ponto podem ser realizados treinamentos que preparem o líder para saber ouvir e lidar com seu time. Como também para identificar e mudar situações em sua área que possam estar gerando algum tipo de estresse ou ansiedade.


Aqui é importante lembrar: todas essas ações são importantes, mas nada disso substitui o acompanhamento psicológico individual de quem precisa de cuidados específicos.


Como sabemos que não é nada fácil tocar em pontos relacionados a emoções, decidimos te ajudar nessa missão com uma ferramenta especial: o nosso teste de estresse. Esse é um dos materiais que disponibilizamos nas capacitações de Inteligência Emocional e agora está disponível para você e seu time! O material é de primeira, para acessar é só clicar aqui!

-

Gostou desse conteúdo? Compartilha com um amigo que pode se interessar, é só clicar no ícone abaixo! Quer entender como a Happen pode ajudar a desenvolver a Inteligência Emocional do seu time? Só falar conosco através de contato@escolahappen.com.br

-

Esse post foi desenvolvido por Ana Uriarte. Por aqui, ela é a responsável pela curadoria de dos nossos conteúdos. Para conhecer um pouco mais da Ana, é só clicar aqui.


13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo